ACIF reúne-se com prefeitura para solicitar informações sobre a decoração natalina e a implantação do Projeto de Informatização da Área Azul

            Na última semana de novembro, o presidente da Associação Comercial de Fernandópolis (ACIF), Mateus Morales, acompanhando do diretor executivo Geraldo Paschoalini reuniram-se com representantes da Prefeitura Municipal e da equipe jurídica solicitando informações sobre o projeto da decoração natalina para o final do ano e a implantação do Projeto de Informatização da Área Azul, requeridas pelos empresários e associados à entidade.

            Segundo o advogado José Cassadante Júnior a implantação do Projeto de Informatização da Área Azul está travada nos tramites legais e burocráticos com previsão para ser acionado somente em 2018. “Esse ano não conseguimos implantar o projeto devido ao processo de licitação das empresas e todo trâmite legal que o processo precisa respeitar, sendo assim, somente em 2018 poderemos dar o start nessa modernização da área urbana”, afirma Cassadante.

            “Acreditamos que o projeto vem para ajudar a minimizar as dificuldades de estacionar nas áreas centrais, porém precisa ser urgentemente efetivado a implantação do novo sistema, pois estacionar veículo na área central e em seu entorno tem sido uma das principais reclamações dos lojistas e empresários”, acrescenta Mateus Morales, presidente da ACIF.

            Quanto à decoração natalina nas principais avenidas da cidade, que visa incrementar o comércio local, como as avenidas e as ruas centrais, a Prefeitura afirma que a decoração está sendo preparada, e que muito pouco pode ser aproveitado das últimas decorações devido ao estado de preservação.  Outra afirmação feita pelo jurídico Cassadante foi que as ruas principais não terão barracas travando o trânsito e dificultando a circulação dos consumidores. “Esse ano optamos em não colocar as barracas na área central, atendendo aos pedidos dos lojistas e do público circulante”, afirma o advogado.

            “Investimentos deste porte atraem muitas pessoas para gastar em nossa cidade, ampliando assim a geração de emprego e renda. Nossos associados sentem na pele o quanto é importante atrair consumidores dos municípios vizinhos para gastar em nosso comércio no período natalino. Estamos aguardando a decoração para estimular ainda mais nosso comércio”, finaliza Morales.